O que é Fotometria?

O que é Fotometria? (Imagem: Public Domain Pictures.net).

A fotometria é uma das técnicas mais importantes na área da fotografia e aqui você vai descobrir o motivo. Por definição, a palavra fotografia, que tem origem grega, significa algo como desenhar ou pintar com luz. Ou seja, não há fotografia sem a luz, já que as imagens só podem ser criadas a partir de uma fonte luminosa.

Por isso que a fotometria é algo tão importante para as fotos. A fotometria é a forma pela qual se mede a intensidade de luz em certo ambiente. Ainda mais direto, a fotometria é a medição da luz que entra na câmera. Como isso acontece? Por meio de um fotômetro.

O que é um fotômetro?

Um fotômetro é o instrumento desenvolvido exclusivamente para fazer a fotometria do ambiente, isto é, para medir a quantidade de luz presente naquele exato momento. De forma geral, todas as máquinas fotográficas possuem fotômetros inclusos dentro delas e as máquinas consideradas profissionais, possuem este dispositivo ainda mais requintado e preciso.

Mas mesmo assim, em grande parte das situações, elas não substituem um fotômetro manual, já que nem sempre são capazes de distinguir alterações sutis na iluminação, como por exemplo, a presença de objetos que refletem luz. Em áreas externas e abertas, é possível tranquilamente utilizar os sistemas de fotometria embutido nas máquinas profissionais, mas quando o trabalho é realizado no estúdio, contar com um fotômetro separado é a opção ideal.

Fotometro da Sekonic

É claro que é possível encontrar fotógrafos que optam por não utilizar este aparelho, mas ele proporciona mais qualidade para a foto, já que garante com precisão a quantidade de iluminação presente, colaborando assim para um ajuste muito mais eficaz da máquina fotográfica.

Dominar a fotometria é um dos maiores segredos de fotógrafos pelo mundo todo. É ela que vai indicar a perfeição harmônica na imagem, nem muito escura, nem muito clara, dependendo é claro do objetivo principal do fotógrafo.

O fotômetro aparece na câmera como uma régua. Quando negativo, significa que há sombras e pouca luz e quando positivo, que há iluminação demais. Quanto mais aos extremos, mais fácil perceber esta diferença.

Ou seja, saber fazer a leitura do fotômetro indica, portanto, saber escolher o ISO, velocidade e abertura da forma correta para conseguir a imagem perfeita, de acordo com a quantidade de luz presente.

De forma simplista, podemos dizer que o ISO indica a sensibilidade da câmera à quantidade de luz presente e quando menor o ISO, menos luz será percebido. A velocidade abertura é responsável pelo tempo que o diafragma fica aberto e por isso, também tem ligação com a luz e movimento, e por último, temos a abertura, que também devido à luz, define a profundidade de foco da imagem.

Como acertar na fotometria? Conhecendo ao máximo seu funcionamento e definindo os objetivos com cada foto e por isso, não há certo ou errado. Se a ideia é deixar a imagem mais escura, com forte presença de sombras, a fotometria deve apontar para um pouco menos de luz, e a régua ficará mais para o negativo. Se o objetivo é estourar a imagem, seja lá por qual motivo, deixa-se mais para o positivo e pronto.

Se você deseja obter mais conhecimento sobre fotometria, aconselho você a ler o ebook: Fotometria Simples. Você no Controle da Luz! Neste ebook você vai entender e praticar de forma simples e objetiva os principais conceitos para se fazer boas fotos.

Teste seus conhecimentos e aproveite ao máximo as vantagens de conhecer todos os detalhes da fotometria!

Gostou do artigo? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Até a próxima!

Você pode gostar...